O que é o Backlog de Produto? Como é feita sua priorização e como funciona.
O que é o Backlog de Produto? Como é feita sua priorização e como funciona.

Quando falamos de Product Backlog, devemos ter em mente que na engenharia de software e no gerenciamento de projetos a capacidade de entender corretamente as necessidades e objetivos reais de um projeto, assim como garantir assertividade durante a priorização de cada solicitação são cruciais para um projeto de sucesso.

“O backlog de produto é uma lista ordenada e priorizada de tudo aquilo que se deseja desenvolver, executar ou realizar.”

O que é o Backlog de Produto?

Para facilitar o entendimento sobre o conceito do “product backlog“, bas fazer um exercício de imaginação e ver ele como uma lista de presentes de casamento.

Em uma lista de presentes, os noivos incluiram tudo aquilo que gostariam de ganhar, obviamente os dois sabem que somente uma pequena parte daqueles pedidos serão atendidos. O backlog de produto funciona exatamente assim.

Características do Backlog de Produto.

Durante o ciclo de vida de um projeto de software, o P.O. (Product Owner) é o único responsável pelo Backlog do Produto, sendo sua responsabilidade principal manter e uma lista de escopo e priorizar a lista de tarefas que será encaminhada para a equipe de desenvolvimento.

O backlog de produto é um artefato vivo.

Assim como se espera de qualquer herança ou ferramenta que provenha de uma metodologia de desenvolvimento ágil, o product backlog é artefato vivo. Sua manutenção diária faz com que ele permaneça em constante alteração, a priori do fluxo e severidade das demandas recebidas.

Cada item do backlog é único.

As atividades, tarefas ou features presentes no backlog são únicas, cada uma delas possui sua priorização e categorização específica. Da mesma forma, cada item pode possuir diferentes níveis de detalhamento, conforme o contexto e cenário implicado.

Priorização simples.

A lógica de priorização dos itens presentes na lista de backlog é simples e clara: quanto mais a atividade for considerada imprescindível para gerar valor ao produto, então maior prioridade ela terá.

Os itens com menor importância ou prioridade, permaneceram no backlog até que haja disponibilidade para sua inclusão em uma sprint.

A priorização dos itens do backlog deve sempre refletir a realidade das demandas, garantindo que sempre haverá o número mínimo de itens para a criação de uma nova sprint de desenvolvimento.

Backlog de produto não é uma “lista de tarefas”.

Não caia no erro de confundir o backlog de produto com uma simples to-do-list. As listas de tarefas no estilo to-do-list  ou no clássico Board Kanban são artefatos gerados a partir do backlog.  Backlog de Produto NÃO É a mesma coisa que “lista de tarefas”.

Não existe modelo padrão para o backlog.

Não existe um modelo padrão de representação ou formato de backlog, ele pode ser mantido em  uma planilha no Google Sheets ou então utilizando um software de gerenciamento de projetos, como o OpenProject, por exemplo.

 

A priorização dos itens do backlog deve sempre refletir a realidade das demandas, garantindo que sempre haverá o número mínimo de itens para a criação de uma nova sprint de desenvolvimento.
A priorização dos itens do backlog deve sempre refletir a realidade das demandas, garantindo que sempre haverá o número mínimo de itens para a criação de uma nova sprint de desenvolvimento.

Resumindo, o que é o Product Backlog?

De certa forma o Backlog de Produto (Product Backlog em inglês) é a área responsável por realizar o entendimento inicial da demanda, a priorização segundo a necessidade do negócio e a organização de uma espécie de fila de prioridades.

O responsável pelo gerenciamento do Product Backlog em um projeto de desenvolvimento de software é chamado de Product Owner, em português: Gerente de Produto, ou simplesmente PO.

Priorizar tarefas para desenvolvimento.

Na lista do Backlog, são incluídas todas as demandas conhecidas do projeto, indiferente do nível de detalhamento da tarefa, desta forma é normal que ele contenha demandas pouco documentadas..

O Product Owner colabora frequentemente com o Project Manager (Gerente de Projetos) na validação da coerência e pertinência dois itens da lista. Uma vez que a priorização de um número de necessidades compatíveis com a disponibilidade de recursos no time do desenvolvimento, tais itens são encaminhados e atribuídos à equipe de desenvolvimento.

Chico Alff é o nome da persona de batalha de Francilvio Roberto Alff. Paranaense apaixonado por São Paulo, possui formação em Engenharia de Software, Análise e Desenvolvimento de Sistemas para Internet, iniciou também uma jornada acadêmica em História e Língua italiana, aventura essa que não foi concluída - ainda! Atualmente é acadêmico do curso de Engenharia Civil - Como é possível combinar a paixão por Computadores com a Divina Comédia e principalmente tijolos... por TIJOLOS!!! Frequentou os bancos acadêmicos tanto no Brasil quando na Itália, precisamente na Università degli Studi di Verona. Trabalha com desenvolvimento de software desde 2010, tendo lançado âncora no mar da Análise de Requisitos, Análise de Negócios e Gerenciamento de Projetos, com experiência em projetos para a administração pública, sistemas de ERP, contábil e fiscal. Da mesma forma como um malabarista, tenta milagrosamente manter o portal www.AnálisedeRequisotos.com.br como prova de sua paixão pelo mundo da engenharia de software.