Arquitetura de Software

Estudantes de cursos e graduações relacionados à tecnologia, e os profissionais que trabalham com desenvolvimento de sistemas já estão acostumados com o termo “Arquitetura de Software”, afinal é essa disciplina a responsável por analisar, elaborar e arbitrar os aspectos e requisitos técnicos (não confundir com requisitos funcionais e não funcionais do sistema), linguagens e tecnologias específicas que o projeto deverá seguir e respeitar.

As atividades de um arquiteto de software são amplas, e suas interações envolvem a comunicação com stakeholders, analistas de negócio, Scrum masters e product owners, de demais envolvidos no ciclo de vida do projeto.

Se você é um xiita dos frameworks e metodologias ágeis (de gerenciamento e desenvolvimento) pode estar pensando que esse papel ficou no passado e se restringe aos modelos cascata ou RUP, certo? Ledo engano, a figura de um arquiteto de sistemas (atualmente é comum ouvirmos o termo “arquiteto de solução”) continua indispensável mesmo em times que utilizam a metodologia Scrum, por exemplo.

Suas responsabilidades principais são relacionadas a definição e detalhamento de recursos tecnológicos, sejam eles referentes à linguagem de programação utilizada, formatos e protocolos de comunicação,  utilização de serviços distribuídos, modelos de distribuição e garantia entre outros.

PRECISAMOS DE VOCÊ!

APOIE COM QUALQUER VALOR
R$ 2,00 / R$ 5,00 / R$ 10,00 / R$ 25,00…

 

Seu apoio é fundamental! Use o PIX para fazer sua contribuição e nos ajude a manter nossa missão de compartilhar conhecimento sobre análise de requisitos e software. Sua generosidade faz a diferença!

Faça sua Doação via PIX - Apoie nossa Causa

CHAVES PIX:
[email protected]
[email protected]
Não quero ajudar!